Leia na íntegra



Voltar para o Blog

Sua Empresa Oferece Valor aos Clientes?

Sua Empresa Oferece Valor aos Clientes?

Diversos fatores contribuíram para mudanças de modelo dos negócios, e dentre esses a internet tem sido de grande contributo.

Diante desse contexto, as perguntas que surgem são:

Sua empresa oferece valor aos clientes? O preço é sua estratégia principal?

Para adentrar nesse assunto delicado, vamos entender a diferença entre preço e valor.

Diferença entre Preço e Valor

Cada vez mais a concorrência acirrada vem pressionando as empresas adotarem estratégias para se sobressair no mercado.

Criar um negócio hoje não nos faz prósperos do dia para noite, mais também é uma das maneiras de construirmos riqueza. Seja online ou off-line, criar um negócio não é fácil, exige muitos esforços no intuito de torná-lo rentável e referência no mercado.

Muitas empresas usam como subterfúgio o preço baixo, no intento de atrair clientes. Algumas delas não se preocupam em oferecer valor aos clientes e nem com as consequências de enveredar por esse caminho.

Desenvolvem um modelo de negócio centrado apenas em preços, não se preocupando com a imagem de sua marca.

Para entender melhor, faça uma análise e pergunte aos clinetes como vêem sua empresa.

Será que sua empresa oferece valor aos clientes ou preço? Vamos verificar a diferença entre ambos:

Preço

Em linguagem comum, preço é o que se paga por um produto ou serviço.

O preço pode ser aplicado não só em questões monetárias, mais também no tempo que se gasta para aquisição de determinado bem ou uma consequência por uma escolha.

Em termos comerciais, preço é o dinheiro que se gasta em determinado coisa.

Quando o cliente diz que algo é caro, ele tem não só sensibilidade ao preço, mais acredita que o produto não oferece os benefícios que condizem com o que foi pago em moeda.

Valor

O valor não está ligado ao dinheiro, mais o que o cliente leva durante aquisição, ou seja, os benefícios por adiquirir determinado produto ou serviço.

Para ilustrar essa diferença veja o caso dos produtos da marca Apple.

Não importa o preço que os produtos dessa marca sejam vendidos, os clientes fiéis tampouco preocupam-se com o que irão pagar, pois, a marca é reconhecida pelo benefício e por pertencer a um grupo seleto.

É importante ressaltar que cada cliente tem uma percepção diferente em relação ao preço e valor.

Algumas empresas em fase inicial cometem o erro crasso de oferecer preço e não valor aos cliente e acabam por construir uma marca baseada somente na poupança, tornando o cliente sensivel ao menor reajuste.

Relativamente a esse aspecto, quem pretende sobressair no mercado e construir uma marca de nome, não deve combater a concorrência com preço, mais sobretudo preocupar-se com os clientes, oferecendo valor aos mesmo.

Diante disso, reavalie seu negócio e verifique com olhos críticos se a sua empresa oferce valor ou preço aos clientes. 


Espalhe por aí ...



Voltar para o Blog


Tags do site